Fone: (41) 3621.3191 | Whatsapp (41) 99105-2464

Programa Semente

Desenvolver habilidades socioemocionais de crianças e jovens é possível!

O Colégio Ágape acredita que uma escola deve formar, além de bons alunos, pessoas preparadas para a vida, capazes de resolver conflitos, profissionais mais capacitados e cidadãos mais conscientes. Para isso conta com o Programa Semente que traz, por meio de métodos estruturados, propostas e atividades didáticas adequadas ao ensino e aprendizado sociemocional, com orientações práticas para a sala de aula e a escola como um todo.

O Programa Semente é voltado às necessidades atuais dos alunos. Os alunos aprendem a se conhecer e a identificar seus sentimentos e emoções e a partir daí compreendê-los. Após terem desenvolvido um conhecimento profundo sobre si, eles aprendem a se colocar no lugar do outro através do desenvolvimento de atividades de empatia, assim revendo suas decisões para que sejam sempre responsáveis.

As atividades são sempre acompanhadas de vídeos com uma linguagem adequada a idade e que de forma muito divertida e concreta constrói passo a passo uma alfabetização emocional caminhando para uma educação socioemocional.

 

Diferenciais exclusivos do Programa Semente:

– Baseado em estudos científicos de mais de 50 anos em Harvard, Stanford, Wisconsin, Yale e Universidade da Pennsylvania;

– Único programa socioemocional com impacto medido em pesquisa e validado por instituição externa (UFRJ);

– Escrito por educadores brasileiros, com vivência em sala de aula;

– Alunos recebem materiais impressos e, com as famílias, têm acesso ao Portal Semente e a vídeos especialmente preparados para o Programa. A escola conta com apoio pedagógico permanente da equipe Semente.

Benefícios comprovados do Programa Semente: 

– Aumento do comprometimento e rendimento escolar

– Controle dos impulsos e emoções: tomada de decisões

– Convívio de forma mais equilibrada com as pessoas

– Menor envolvimento com álcool e drogas

– Melhora na autoestima e diminuição da ansiedade

– Queda nos casos de Bullying

– Alinhamento com a BNCC